Projeto Tarsila

Oncologia de Precisão no Brasil

O estado da arte dos testes moleculares oncológicos no Brasil em um estudo científico com os principais centros de medicina genômica do país.

Confira a cobertura dos eventos do projeto

Líderes do Projeto

Participantes

Palavra dos Especialistas

Conheça a tecnologia utilizada na Oncologia de Precisão

Nos vídeos abaixo você vai conhecer todas as etapas que ocorrem dentro do laboratório entre o pedido de um exame genético de uma amostra tumoral e o relatório a ser entregue com o resultado final após a análise de dados.

Bons testes moleculares realizados no Brasil requerem menor quantidade de material tumoral, aumentando o aproveitamento da amostra e prevenindo novas biópsias.
A realização de testes locais traz resultados acionáveis mais rapidamente, conferindo celeridade à abordagem clínica
Solicitando testes moleculares no Brasil, médicos têm acesso imediato aos dados genéticos de seus pacientes com suporte local.
Previous
Next

ARTIGOS

  • NGS (Sequenciamento de nova geração) – Por que internalizar?

    Trazer o NGS internamente reduz tempo de resposta e economiza recursos, ajudando na adoção de medidas clínicas antecipadas, pensando no bem-estar do paciente. O número crescente de imunoterapias direcionadas em desenvolvimento levou à demanda de abordagens mais rápidas e precisas para perfilamento molecular. A capacidade do sequenciamento de nova geração (NGS) para atender a essa

    5 de julho de 2022
  • Como o Diagnóstico pode Revolucionar o Cuidado do Paciente

    Como o Diagnóstico pode Revolucionar o Cuidado do Paciente: Insights do Precision Medicine Leader Summit A medicina de precisão é uma abordagem holística em assistência médica, que combina o conhecimento do histórico genético de um indivíduo, informações do seu ambiente e estilo de vida em um abrangente cartão de pontuação personalizado, que pode informar o

    25 de março de 2022
  • Marcadores agnósticos na oncologia de precisão

    Marcadores agnósticos são alterações genéticas acionáveis presentes em tumores e não relacionadas a um tipo histológico específico. Ou seja, são alterações moleculares encontradas em genes que atuam no desenvolvimento e progressão do câncer independentemente do sítio anatômico de origem ou do tipo histológico a partir do qual o tumor se desenvolveu. A primeira aprovação pelo

    27 de setembro de 2021

Entre em contato

O estado da arte dos testes moleculares oncológicos no Brasil em um estudo científico com os principais centros de medicina genômica do país. Todos os direitos reservados aos participantes do projeto.

    O Projeto Tarsila é um estudo científico e não tem o objetivo de recrutar e diagnosticar pacientes.